Body Mutilation

© Gina Pane

© Joel Peter-Witkin

© David Nebreda

A fotografia vive do espectador que se deixa embalar e o que conseguimos objectivar depois de recuperar desse diálogo, mesmo que transposto em jeito de cítrica, não será nunca o reflexo preciso do jogo psicológico em que estivemos envolvidos. A escrita, como a fotografia, é um testemunho tardio de um momento que não conseguimos fazer perdurar.

One thought on “Body Mutilation

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s